Entrever

Entrever

Lutar todo o tempo
Cansado de tanto tédio
Diariamente com medo
Constantemente solitário.

Miserável
Com fome
Aflito
Com muita insatisfação.

Manipulado
Vivo na contravenção
Nos pequenos instantes de felicidade
Onde, cada um, é chamado a se entrever.

Limitado é o pensar
Difícil de se relacionar
Oh, Divina providência que nunca chega
Adiante segue a história.

Futuro fracassado
Dia sem lucro
Favelas que não são mansões
Mansões que perderam o seu sentido.

Observo o defeito do outro
Pratico o domínio sobre o outro
Exalto o quanto sou melhor que o outro
O outro, que sou eu, com medo e abatido.

Somos parte de tudo
E de tudo somos igualmente responsáveis
Da raiva pelo vizinho, a guerra mundial
Estamos contribuindo diretamente com esse carnaval.

A liberdade começa em nós
O amor aflora em nós
Precisamos parar de resistir
O trabalho é intenso, interior e diário.

A paz é possível ?
Quanto vale a tua liberdade ?
Viver ou morrer ?
O que você prefere ?

O cultivo interior é fundamental
O amor que supera o ódio
Quem sabe a humanidade poderá seguir feliz ?

Carlos de Campos
Entrever

Lutar todo o tempo
Cansado de tanto tédio
Diariamente com medo
Constantemente solitário.
Foto por Lisa Fotios em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.